► Conheça Limoeiro



Igreja Matriz de N. S. da Apresentação - Limoeiro - PE
Igreja Santo Antônio - Limoeiro - PE
Igreja Matriz de São Sebastião - Limoeiro - PE
Pefeitura - Limoeiro - PE
Mercado Público - Limoeiro - PE
Colombo Sport Club - Limoeiro - PE
Grande Hotel - Limoeiro - PE
Centro Cultural - Limoeiro - PE
Câmara Municipal - Limoeiro - PE
Câmara Municipal - Limoeiro - PE
Hospital Regional - Limoeiro - PE
Ponte Velha - Limoeiro - PE
Galpão das Artes - Limoeiro - PE
Galpão das Artes - Limoeiro - PE
Igreja Matriz e Cristo Redentor - Limoeiro - PE
Igreja Matriz e Cristo Redentor - Limoeiro - PE
Igreja Matriz - Limoeiro - PE
Pedra do Urubu - Limoeiro - PE
Cristo Redentor - Limoeiro - PE
Praça da Bandeira - Limoeiro - PE
Cristo Redentor - Limoeiro - PE
Cristo Redentor - Limoeiro - PE
Praça da Bandeira - Limoeiro - PE
Cristo Redentor - Limoeiro - PE
Rio Capibaribe - Limoeiro - PE
Rio Capibaribe - Limoeiro - PE
Rio Capibaribe - Limoeiro - PE
Avenida Severino Pinheiro - Limoeiro - PE
Avenida Severino Pinheiro - Limoeiro - PE
Ribeiro do Mel - Limoeiro - PE
Ribeiro do Mel - Limoeiro - PE
Ribeiro do Mel - Limoeiro - PE
Ribeiro do Mel - Limoeiro - PE
Vista do Regina Coeli - Limoeiro - PE
Estádio Jose Vareda - Limoeiro - PE
Vista Aérea - Limoeiro - PE
Estádio Jose Vareda - Limoeiro - PE
Vista da Quadra do CERU - Limoeiro - PE
Vista da Pirauira - Limoeiro - PE
Paisagens - Interior de Limoeiro - PE
Paisagens - Interior de Limoeiro - PE
Vista Noturna - Limoeiro - PE
Vista Noturna - Limoeiro - PE
Vista Noturna - Limoeiro - PE


Limoeiro - Minha cidade, minha vida!
O território que atualmente é ocupado pela cidade compreendia uma Sesmaria onde existia um aldeamento de índios. Pelos anos de 1730 e 1740, o Padre Ponciano Coelho era o missionário responsável de catequizar os índios e a atual cidade não tinha outras habitações, além das destinadas aos índios do aldeamento. A quinze quilômetros a oeste da cidade, num lugar chamado Poço do Pau, havia um português chamado Alexandre de Moura, extremamente religioso e devoto de Nossa Senhora da Apresentação. O português mandou construir uma capela onde eram celebradas missas e realizadas festas em louvor à Santa. Isso atraía muitas pessoas de lugares distantes. Muitas delas resolviam morar na localidade, e dessa maneira o lugarejo ia crescendo.

O Padre Ponciano pretendia que ocorresse o contrário; que o crescimento se desse ao pé da serra, local do aldeamento. Ele fez desaparecer a imagem de Nossa Senhora da Apresentação da igreja de Poço do Pau para ser encontrada em um limoeiro, no local que hoje é a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Apresentação. A imagem foi trazida de volta para Poço do Pau. Assim foi feito várias vezes, colocando-se a imagem sob um pé de limão. O padre Pociano disse que isso era bem significativo. E que vissem naquilo uma revelação em querer que ali fosse erguida uma igreja, onde fosse colocada a imagem.

E assim todos ajudaram na construção da igreja. A notícia do milagre trouxe para região várias pessoas que passaram a ali residir. E assim fundou-se um povoado denominado – Limoeiro de Nossa Senhora, mais tarde, porém, o nome passou a ser apenas Limoeiro.

Versão Histórica

O território que atualmente é ocupado pela cidade compreendia uma Sesmaria onde existia um aldeamento de índios. Pelos anos de 1730 e 1740, o Padre Ponciano Coelho era o missionário encarregado da catequese desses índios.

Sabe-se que em 1711, antes, portanto, do Padre Ponciano Coelho, que é de 1730 / 1740, dirigiu o aldeamento os Padres Manuel dos Santos e João Duarte do Sacramento, ambos pertenciam à Congregação do Oratório ou da Madre de Deus. A história Eclesiástica de Pernambuco dá a eles a fundação do aldeamento.

O Padre Ponciano cujos trabalhos principais foram a reforma da igrejinha que, toda de palha, teve suas paredes de taipa coberta de telhas. Devoto de Nossa Senhora da Apresentação a tornou padroeira da Paróquia.

Pela Carta Régia de 16 de junho de 1786, Limoeiro tornou-se Distrito, 26 anos depois tornou-se Vila. Pela Lei Municipal nº 2, de 19 de dezembro de 1892, Limoeiro passou a ser cidade.

Só em 6 de abril de 1893 Limoeiro tornou-se município autônomo, data da sua Emancipação Política. Teve como primeiro prefeito o Coronel Antônio José Pestana, o primeiro juiz o Dr. Firmino Monteiro e o primeiro vigário o Pe. Bartolomeu Monteiro da Rocha.


Limoeiro situa-se na Mesorregião do Agreste de Pernambuco, Microrregião do Médio Capibaribe, no Agreste. A sede do município está situada na bacia do Capibaribe e dista a 77 quilômetros da capital do Estado. As rodovias PE 90 e BR 408 ligam Limoeiro à capital.

* Localização: Agreste, microrregião Médio Capibaribe, distante 77 km do Recife.
* Área: 204 km²
* Solo: Arenoso e argiloso
* Relevo: Suave ondulado, ondulado e forte ondulado
* Vegetação: Floresta caducifólia
* Ocorrência mineral: Xistos, guaisses e metarcosias
* Precipitação pluviométrica média anual: 1.248,2 milímetros
* Meses chuvosos: Junho - Julho
* População: 56.772 habitantes
* Dia de feira: Sábado
* Data de comemoração da emancipação política: 06 de abril
* Padroeira: Nossa Senhora da Apresentação

Fonte: IBGE

20 comentários:

  1. As fotos ficaram super lindas... Vc é um grande artista... Parabêns...

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Eduardo

    Você conseguiu focar muito mais que as imagens da nossa cidade. Atavés das suas fotos conseguimos ver a sua admiração e respeito pelas nossas relíquias. Sua sensibilidade e amor por aquilo que faz, tornam seu trabalho algo especial. Continue crescendo, você vai longe.

    Sandra (Mãe de Susianne)

    ResponderExcluir
  3. Obrigado Sandra!! Agradeço-te muito! Felicidades!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  8. Desculpe... Esqueci de assinar o comentário.

    Parabéns, Eduardo!
    As fotos, pelo que pude perceber, foram tiradas em momentos distintos e selecionadas com muito carinho.
    Parabéns!!!

    Gerda Maria

    ResponderExcluir
  9. parabéns Eduardo pelo seu blog
    fiquei muito emocionada!
    em ver as foto da minha terra.muitos anos que
    eu não vou ai!fiquei feliz.
    Aldinete São Pedro da Aldeia RJ

    ResponderExcluir
  10. Parabéns Eduardo belíssimas fotos.
    AMO DE PAIXÂO ESSA CIDADE!!!!!!!!!!!
    Nossa PRINCESA do CAPIBARIBE.
    Um abração!!!!!!!!!
    ELAINE RAFAELA

    ResponderExcluir
  11. Parabéns Eduardo as suas fotos da cidade, bem como, a sua iniciativa é muito boa, eu que ainda não conheço Limoeiro pude ter uma boa idéia, pretendo ir ai em Agosto desde ano (2010) Afim de procurar parentes do meu pai que saiu dai a 56 anos e perdeu contato com os parentes, UM FORTE ABRAÇO A TODOS DE LIMOEIRO. ARQUIMEDES (arquisilva87@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  12. como limoeiro é bonito no é gente como uma flor ass:aluna juliana paola 6 "c" e lory evelyn da silva ramos*

    ResponderExcluir
  13. Eduardo eu me emocionei em ver as fotos de minha cidade LIMOEIRO que amo demais hoje moro no litoral de São Paulo, mais nunca esqueci a minha origem um abraço...

    ResponderExcluir
  14. gostei muito do seu trabalho. Que pena que o grande hotel foi destruido, a parte cultural.

    ResponderExcluir
  15. olha esse juíz chamado jose claudionor vive querendo ser o dono da cidade diz pra ele q ele não é dono de nada isso foi um pobre coitado depois q venceu na vida q da um de santo, ele é ignorante de meia tigela, ele frequentou a escola dos animal parece mas um cavalo.

    ResponderExcluir
  16. Parabéns Eduardo vc me fez viajar no passado com essas fotos fantástica faltou fotografar o Centro de Formação de Menores e colégio industrial onde tive a honra de estudar.Continui assim um grande profissional na arte da fotografia.

    ResponderExcluir
  17. parabens pelo seu sucesso voce merece tudo de bom beijos de sua tia fatima assim que voce ler esse recado mim ligui..

    ResponderExcluir
  18. José/São paulo-SP Muito bom, gosto desse tipo de trabalho. Parabéns. Nunca fui em Limoeiro, achei um lugar muito bonito quem sabe um dia irei. Nasci aí na boa terra (Palmares-Pe) qundo for por esses lados quero conhecer essa cidade. um abraço josé Vieira......

    ResponderExcluir
  19. parabens, foi muito bom ve as fotos da cidade do meu pai.queria agora, encontrar alguem da familia dele.bjs

    ResponderExcluir